Porque é que as chamas têm cores diferentes?

altA tonalidade das chamas depende de muitos fatores, como o tipo de combustível ou a proporção de oxigénio presente. Assim, quando ardem hidrocarbonetos, a quantidade do gás é que determina a cor das labaredas. No caso de um bico de Bunsen de laboratório, a cor típica é o amarelo, mas, quando se aumenta o oxigénio, a chama adquire uma tonalidade azul.


( 1 Voto )
 
Einstein vence «quanta»

altSegundo uma observação feita pelo telescópio espacial de raios gama Fermi, da NASA, a estrutura do espaço-tempo parece-se mais com uma teia do que com uma banheira de espuma. Segundo a teoria geral da relatividade, o espaço-tempo seria algo suave, sem “grumos”. No entanto, a teo­ria quântica propôs uma nova interpretação, na qual o espaço-tempo se convertia em algo mais granular e “rugoso”. Para verificar qual das duas visões se aproxima mais da realidade, um grupo de astrónomos estudou a viagem de dois fotões de energias muito diferentes (cerca de um milhão de vezes) lançados para o espaço numa explosão de raios gama sucedida a 7300 milhões de anos-luz e detetada em maio de 2009.


( 1 Voto )
 
Partículas aceleradas

altO futuro da medicina, da exploração espacial, da eletrónica, da segurança e do restauro dependem dos aceleradores de partículas.


( 0 Votos )
 
Catástrofes evitáveis

altO mundo está recheado de ameaças terríveis que o homem pode atenuar ou até evitar. Porém, teimamos em ignorá-las. No livro Acontecimentos Extremos, o cientista americano John Casti explica porquê e dá exemplos de alguns desastres possíveis.


( 1 Voto )
 
De onde vem o hélio para os balões?

altApesar de ser o segundo elemento químico mais abundante no universo (representa cerca de um quarto do total de matéria), o hélio é um bem escasso no nosso planeta. Na atmosfera, há pouco mais do que cinco partes por milhão. Então, onde vamos buscá-lo?


( 1 Voto )
 
O enigma do multiverso

altO universo real talvez seja maior do que imaginamos. Poderia englobar desde o tempo e a energia a outros cosmos com leis específicas.


( 1 Voto )
 
Atenção à carteira!

altMilho que se transforma em pipocas com a ajuda de telemóveis, homeopatia, curas quânticas, cabalas conspirativas para espalhar o autismo através das vacinas: eis algumas das histórias desmistificadas no último livro dos cientistas Carlos Fiolhais e David Marçal. Por que se propagam? Cherchez l’argent...


( 1 Voto )
 
A ciência do fim

altO ano está a terminar, mas ainda não será desta que o mundo acaba. Porém, a humanidade continua exposta a perigos que ameaçam a sua sobrevivência: meteoritos, pandemias, catástrofes cósmicas, perturbações quânticas... Encha-se de coragem e descubra o que devemos temer.


( 1 Voto )
 


Pág. 4 de 15

Últimas publicações

GuiaTV

Escolha abaixo o canal.

Canal:

Data:

You need Flash player 6+ and JavaScript enabled to view this video.

Playlist: 0 | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.