O planeta jovem

altNos últimos anos, a descoberta de novos mundos (literalmente) tornou-se rotina. Por isso, quando anunciam os seus achados, os caçadores de exoplanetas salientam algum aspeto inédito: o mais parecido com a Terra, o mais provavelmente habitável ou, neste caso, o mais jovem.


( 0 Votos )
 
Presos no tempo

altEspecialista em física de partículas e buracos negros, Roger Blandford formou-se em química, mas acabou por se dedicar à astrofísica, atraído pelos "grandes quebra-cabeças ainda por decifrar" neste campo do conhecimento.


( 0 Votos )
 
Terra à vista!

altJá todos invejámos a sorte dos astronautas, que gozam do privilégio de poder contemplar o planeta azul a partir do espaço. Agora, poderemos fazer uma ideia do que veem os seus olhos, visitando a mostra Maravilhas da Natureza, aberta ao público até ao final do ano no Gasómetro de Oberhausen (Alemanha), um depósito de gás convertido em sala de exposições.


( 1 Voto )
 
Buraco colossal

altNinguém esperava encontrar um buraco negro tão grande como o da galáxia CID-947, a 11 mil milhões de anos-luz. De facto, a sua massa, equivalente à de 7000 milhões de sóis, é um décimo de toda a galáxia. A proporção é assombrosa, pois um buraco negro não costuma representar mais de 0,5 por cento da galáxia que o contém. Os dados recolhidos por uma equipa de astrofísicos através do telescópio Keck de dez metros, no Hawai, e dos observatórios espaciais de raios X Chandra, da NASA, e XMM-Newton, da ESA, levanta questões sobre a formação galáctica que escapam às atuais teorias. Como se terá formado o monstro? Será que a galáxia aproveita a sua esmagadora gravidade para agregar mais material?


( 1 Voto )
 
O fim de tudo

altO universo poderá acabar daqui a 2,8 mil milhões de anos, devido à força repulsiva da energia escura. O evento catastrófico, provocado por uma singularidade, ocorrerá muito antes de o Sol gastar o seu combustível e incinerar a Terra. Foi a conclusão a que chegou a equipa de Diego Sáez-Gómez, do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço.


( 0 Votos )
 
Uma viagem de 20 anos

altO multimilionário russo Yuri Milner (ver págs. 38-47) colocou na mesa cem milhões de dólares para impulsionar uma missão que nos leve à estrela mais próxima, Alfa Centauri, que fica a 4,37 anos-luz, em pouco mais de vinte anos.


( 0 Votos )
 
Nuvens para alienígenas

altA combinação de gases que rodeia a Terra protege-nos e favorece o desenvolvimento da vida. Todavia, não somos o único planeta a possuir atmosfera. Veja como são as dos nossos vizinhos cósmicos.


( 1 Voto )
 
A perder energia

alt

A vida terrestre depende do Sol. De facto, quase tudo o que acontece na nossa estrela se repercute na Terra. Entre os séculos X e XIV, as temperaturas no hemisfério norte foram invulgarmente quentes, um fenómeno que coincidiu com uma fase de intensa atividade solar. Pelo contrário, quando esta diminui, os termómetros costumam baixar, por vezes muito.


( 1 Voto )
 


Pág. 3 de 24

GuiaTV

Escolha abaixo o canal.

Canal:

Data:

You need Flash player 6+ and JavaScript enabled to view this video.

Playlist: 0 | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.