Vidas alternativas

altNos dez anos que passaram entre a publicação da SUPER 47, em Março de 2001, pouco mudou no que diz respeito às medicinas ditas alternativas ou tradicionais e à forma como são vistas pela ciência. Para alguns especialistas, o assunto deve ser tratado com objetividade, procurando ver quais as ferramentas do arsenal tradicional que podem ser usadas com vantagem pela clínica moderna, como terapêutica única ou complementar. Outros são mais avessos a considerar, no mínimo, o efeito placebo, que é hoje em dia um dos aspetos mais mencionados pelos defensores do recurso a estes métodos ancestrais, quando se justifique. Dizia uma responsável da Organização Mundial de Saúde, há dias: se o paciente se sente melhor por lhe autorizarmos a acupunctura enquanto se trata com os princípios ativos disponíveis na farmácia, então o melhor é deixá-lo.


( 0 Votos )
 
Mãos de fada

altA primeira edição da SUPER em 2002 tinha como tema de capa as mãos, uma versátil ferramenta sem a qual o homem nunca teria chegado onde chegou: “Durante quatro milhões de anos, a mão humana evoluiu até se converter na ferramenta mais perfeita que se pode encontrar na natureza. O nosso órgão preênsil é símbolo de poder e inteligência.”


( 0 Votos )
 
Explosão do saber

altAinda há dois meses voltámos ao tema e, como salientava então a sexóloga Valérie Tasso, trata-se de uma área em rápida evolução: a sexualidade feminina tornou-se finalmente um objeto de estudo autónomo, uma “nova ciência”, como escrevíamos na capa da SUPER 43, em novembro de 2001.


( 0 Votos )
 
Euro expectativas

altO sistema nervoso entérico, que controla o funcionamento das nossas tripas, afinal não se limita a executar tarefas repetitivas: opera como um segundo cérebro, com memória e capaz de tomar decisões. Esta descoberta, de alcance ainda por compreender, deixou os cientistas de boca aberta e valeu a capa da SUPER de Agosto de 2001 (ainda mal se falava de Bin Laden).


( 1 Voto )
 
Cruzes canhoto!

alt"E se ganhar o Islão, a democracia já não serve?”, perguntava um dirigente egípcio, há dias, a propósito das eleições naquele ­país. A dúvida é mais do que legítima: poucos se inquietaram com a suspensão do processo democrático, na Argélia, quando os extremistas da FIS ganharam as eleições, em 1992.


( 0 Votos )
 
E de ondas, nada!

altMais um tema recorrente nas páginas e nas capas da SUPER: a inteligência artificial, as suas promessas, as suas dificuldades, os seus riscos, reais ou fruto de mentes paranoides. Na edição 44, de dezembro de 2001, fazíamos mais uma vez o ponto da situação, a propósito do filme A.I., de Steven Spielberg, que relançara a polémica.


( 0 Votos )
 
Doenças tecnológicas

altSabemos de ciência certa que nunca a humanidade enfrentou um progresso desabalado das tecnologias semelhante àquele em que vivemos. Uma pessoa pode habituar-se ao telex mas, quando já tira dele algum proveito, a maldita geringonça é substituída pelo fax. Que dá jeito, até ser dar lugar ao correio electrónico. E ao SMS. E ao Messenger. E etc. E outro etc. Há quem desenvolva alergia a tanta inovação, quem sucumba à depressão e ao stress. Na edição da SUPER 41, publicada no final de Agosto de 2011 com data de Setembro, era este o tema de capa.


( 1 Voto )
 
Sinais do tempo

altDois assuntos se destacavam na SUPER 39: a influência das condições atmosféricas no nosso estado mental, e a violência, abordada de uma forma científica.


( 1 Voto )
 


Pág. 3 de 5

GuiaTV

Escolha abaixo o canal.

Canal:

Data:

You need Flash player 6+ and JavaScript enabled to view this video.

Playlist: 0 | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.