Traços da vitória

altSou assinante de longa data e muitos têm sido os temas que motivaram o meu maior apreço pela revista. Parabéns! Apreciei o artigo Dinâmica de Vitória (SUPER 150), mas faltou algo que os leitores gostariam de saber. Trata-se de identificar os vitoriosos natos. Basta olhar para as feições das pessoas. Os vitoriosos são identificados com traços faciais de nascença: dois traços verticais que saem das extremidades dos lábios e descem em direcção ao queixo, reforçados, às vezes,  por um duplo ou triplo traço, terminando horizontalmente no queixo. É característica também a testa alta.


( 1 Voto )
 
Saudades da história

altAcabo de receber a SUPER 151. Ainda não tive tempo de leitura cuidada, mas destaco o artigo Adeus, Napoleão!, de Carla Oliveira Esteves. Pelas características, recordei-me do saudoso João Aguiar, que tantos trabalhos publicou na revista.


( 0 Votos )
 
Óvulos e ovócitos

altComo professor que passa a vida a tentar corrigir nos meus alunos (e noutras pessoas) erros que são disseminados pelo público em geral, pelos media, por colegas menos preocupados, etc., venho-vos pedir para que se evite a disseminação sistemática do erro de confundir óvulo com ovócito (ou mais correctamente ovócito II). A desculpa de que "é o que mais se ouve" ou "é para todos perceberem" julgo não servir numa revista que quer ter algum rigor científico.


( 1 Voto )
 
Questões de português

altComecei recentemente a ler a SUPER 140; apesar do atraso, continua a ser interessante. Porém, venho por este meio fazer notar o nível decrescente do Português escrito nessa revista – bem como na imprensa escrita portuguesa, em geral –, o qual começa a consubstanciar uma situação confrangedora, dada a quantidade de erros ortográficos e de pontuação, de traduções literais e às três pancadas, de falhas semânticas e gramaticais, etc., que grassam pelos artigos que vão ao prelo. A título de exemplo não exaustivo, logo na página 3, fala de: "blogues, facebooks, twitters e etc.".


( 0 Votos )
 
Geneticamente polémico

altComo todos os meses, quando recebi a SUPER, de que a minha esposa é assinante, enfiei-a na mochila para me deleitar com a sua leitura no vaivem de comboio casa-trabalho. Na leitura da SUPER 150 deparei-me, contudo, com um artigo que me revoltou, não pelo assunto em si mesmo, porque é interessante e pertinente, mas pela forma como o senhor M.A.S. o aborda. Estou a falar do artigo Eu Não Acredito! Quem não acredita sou eu: na opinião (porque se trata de uma opinião) e visão enviesada que o autor manifesta acerca de alguns dos assuntos e, em particular, o da aversão aos OGM.


( 1 Voto )
 
"Melhor" e "mais bem"

altLi com grande satisfação a N.R. sobre "Questões de português" [A Opinião do Leitor, SUPER 148] acerca de "mais bem" e "melhor". Tenho-me batido por esta questão. Efectivamente transformou-se numa questão pela frequente utilização errada de ambas, mesmo por pessoas com responsabilidades. Como muito bem dizem, "melhor" é de "bom" e "mais bem" é de "bem", que, sabe-se, são coisas diferentes.


( 2 Votos )
 
Biodiversidade

altSou leitora da SUPER há vários anos e sempre apreciei bastante os temas abordados, assim como a diversidade de áreas tratadas. Neste e-mail, quero felicitar-vos em especial pelo facto de, ao longo das últimas edições, terem sistematicamente incluído artigos acerca da biodiversidade nacional e das ameaças à mesma. Parece-me importante relembrar as pessoas de que não é apenas o panda na China que está ameaçado de extinção, que bem perto de nós existem também espécies em perigo que podemos contribuir directamente para proteger.


( 0 Votos )
 


Pág. 6 de 6

GuiaTV

Escolha abaixo o canal.

Canal:

Data:

You need Flash player 6+ and JavaScript enabled to view this video.

Playlist: 0 | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.